5 coisas para se fazer no Campo Belo

23 de setembro de 2015

A Casinha (1942) e Casa Vilanova Artigas (1949)
Quem se esconde por trás dos vidros dos carros nas avenidas Vereador José Diniz e Águas Espraiadas corre o risco de passar batido por duas obras-primas do arquiteto João Batista Vilanova Artigas, um dos mais importantes de São Paulo. Aos 27 anos, em 1942, ele executou no bairro seu primeiro projeto solo, uma romântica casa de campo que eliminou a hierarquia entre fachada, frente e fundo. Ao lado dela, construiu em 1949 uma casa maior para viver com a família, integrando as paisagens interna e externa ao projeto, marca registrada visível em muitas de suas obras na cidade. Rua Barão de Jaceguai, altura do 1149, Campo Belo

 

Campo de golfe
Inaugurado em 2000 pela Federação Paulista de Golfe, o FPG Golf Center é o primeiro campo público construído em área privada no Brasil e virou point dos elegantes moradores da região. R. Deputado João Bravo Caldeira, 273, Congonhas

Um passeio pela colonização alemã
Moradores do Campo Belo podem se dar ao luxo de viajar pela cultura alemã dentro do próprio bairro. Ficam por lá o tradicionalíssimo restaurante Die Meister Stube, dentro da Associação Católica Kolpinghaus, a livraria alemã Bücherstube e o centro de tradições da colônia mais antigo da cidade, a Sociedade Filarmônica Lyra.

 

Shopping Ibirapuera
Inaugurado em 1976, é um dos mais tradicionais shopping centers de São Paulo. Hoje conta com 400 opções de compras e serviços incluindo cinema e alimentação além de 6 pisos de estacionamento. Avenida Ibirapuera, 3103, Moema