Gesso comum e Dry wall: Qual a diferença?

30 de junho de 2017

Eis outra grande dúvida de quem constrói e decora: qual a diferença entre gesso convencional e dry-wall? Os dois têm vantagens e desvantagens para o acabamento do seu apartamento ou sala comercial, mas vamos por partes:     que tal dar uma olhadinha nas dicas abaixo para entender qual a melhor opção para você?

Dry-wall (Gesso acartonado)
Trata-se de uma placa de gesso revestida de papel cartão e constituída por chapas fixadas em peças de aço galvanizado, permitindo adaptar o forro para cada ambiente. Ele evita problemas de trinca e amarelamento, com maior resistência mecânica. Com o dry-wall você pode ganhar área útil devido à sua espessura fina. A aplicação é seca e rápida. As chapas podem receber qualquer tipo de revestimento aplicado diretamente. É, porém, mais caro que as placas de gesso comum.

Placas de gesso comum
Mais conhecido, porém mais trabalhoso e de execução mais vagarosa, precisa ser lixado após a instalação, gerando muita poeira. É necessário aguardar alguns dias para secar antes da pintura ou pode ficar amarelado.  Em compensação, é mais barato que o dry-wall.  Cabe a você decidir o melhor custo-benefício para o seu apartamento ou sala comercial!