Como a brinquedoteca é importante para o desenvolvimento da criança

23 de novembro de 2021

Desde os primeiros momentos da infância a criança precisa brincar, experimentar e fazer isso de preferência usando o lúdico. Por isso, nos últimos 20 anos começaram a se popularizar as brinquedotecas, nada mais que espaços lúdicos para as crianças brincarem.

A implantação e importância das brinquedotecas

Brinquedoteca Apartamento irio Golf Gardem

Instaladas em clubes, restaurantes e condomínios, as brinquedotecas viraram espaços de brincar, por isso contam com inúmeros brinquedos, reproduções de universos adultos, como minicozinha e casinhas, mas também espaço para as crianças se movimentarem sem grandes riscos. Assim como o espaço do encontro com outras crianças para brincar em conjunto, o que no passado se dava nas ruas, passou a acontecer nesse espaço.

Onde surgiu a primeira brinquedoteca?

O brincar passou a ser considerado importante para o desenvolvimento da criança quando em 1959, foi descrito no Princípio 7º da Declaração Universal dos Direitos da Criança. E a partir daí começam a surgir os chamados espaços para brincar e os primeiros estudos acerca dos benefícios para o desenvolvimento dos pequenos.

Na Europa, a criação de espaços lúdicos começa a partir dos anos 1960 e no Brasil, 20 anos depois. Há um registro histórico, no entanto, de uma primeira brinquedoteca nos Estados Unidos, em Los Angeles, em 1934. Em plena crise econômica, havia carência de brinquedos e muitos furtos de brinquedos em lojas, quando decidiram criar um espaço para as crianças brincarem ali com os brinquedos, sem poder levar para casa. Em outros lugares da Europa e dos Estados Unidos, surgiram brinquedotecas também com um conceito de biblioteca, de empréstimo de brinquedos.

Qual a função da brinquedoteca?

No Brasil se popularizou o conceito de brinquedoteca associado ao brincar livre. Sem interferência e sem a participação do adulto. Com isso, pretende-se que a criança tenha um espaço onde possa desenvolver as habilidades motoras, andar, engatinhar, correr, subir desse espaço, ser estimulada a ler e apreciar os livros, assim como desenvolver habilidades artísticas, seja colorindo, pintando ou utilizando peças e jogos de montar.

Ao mesmo tempo, as brinquedotecas são espaços públicos (ainda que instalados em ambientes restritos), mas a criança brinca com brinquedos que são de todos, não apenas com os dela, e são chamadas a manter tudo organizado para os próximos visitantes. É ali que aprendem a compartilhar brinquedos e cuidar do coletivo, desenvolvendo os primeiros passos rumo à independência, à responsabilidade e assimilando os conceitos de organização. Ao mesmo tempo em que brincam, socializam e conhecem um pouco mais da vida em sociedade, fora do ambiente familiar a que estão acostumadas.

A brinquedoteca no mercado imobiliário atualmente

Com isso, em empreendimentos imobiliários com perfil familiar, a brinquedoteca passou a fazer parte do projeto, ao lado do salão de jogos, salão de festas, playground e espaço para passear com o pet, tornaram-se itens essenciais para famílias. Pais e mães estão sempre atentos a cuidados básicos como a segurança do espaço, dos brinquedos, a boa iluminação natural e ainda a limpeza, que precisa ser regular a fim de manter as crianças longe de alergias e outros problemas de saúde.

Na MAC, as brinquedotecas estão presentes desde o inicio em nossos produtos Residenciais, e hoje são cada vez mais espaços de faz de conta, com espaços amplos e livres para que as crianças possam brincar e se desenvolver de forma saudável. Nos empreendimentos recentemente lançados, brinquedotecas foram cuidadosamente planejadas como no Raiz São Paulo Parque Resort e no Íris Golf Garden, entre outros.