Wallpaper

Morar em condomínio: como funciona e quais são as vantagens

Todas as pessoas desejam conquistar o sonho de ter a casa própria. Dessa forma, morar em condomínio atrai muitos adeptos que buscam tranquilidade e conforto.

A  escolha do melhor local para residir é subjetiva e depende de inúmeras circunstâncias como estilo de vida, as necessidades do momento e o orçamento disponível.

Por isso, é interessante conhecer como funciona um condomínio e suas vantagens para conseguir fazer a escolha certa.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para te ajudar mais sobre o assunto. Acompanhe a leitura!

1. O que é viver em um condomínio?

iver em um condomínio significa que você terá à disposição inúmeros benefícios em relação a morar em uma casa individual ou em um apartamento no centro da cidade.

Existem áreas de lazer da qual todos podem usufruir para momentos de descontração e confraternização, com espaços que muitas vezes não existem em uma casa ou apartamento isolados.

E, o melhor de tudo, prevalece a sensação de segurança, devido à limitação de circulação de carros e de pessoas.

Além disso, ao morar em um condomínio, embora haja liberdade para os moradores em diversos sentidos, existe também a centralização de responsabilidades na figura do síndico ou de uma secretaria.

Isso significa que há direitos e deveres que devem ser cumpridos por todos. E permite que os residentes sejam beneficiados com as regras que valem para cada um no contexto da organização administrativa. 

2. Qual a vantagem de morar em um condomínio?

1 – Segurança

Um dos principais motivos pelos quais as pessoas optam por morar em um condomínio é a segurança.

Os moradores se sentem mais seguros devido à presença de câmeras e ao controle mais rígido de entrada e saída de pessoas.

A entrada de não residentes está sujeita a uma autorização específica, o que evita roubos e assaltos, por exemplo.

Vale lembrar que a segurança existe devido ao sistema de videovigilância e, também, devido à presença de guardas e muros que circundam o local.

2 – Lazer

Outra vantagem é que você poderá usufruir de serviços comuns como os de lazer.

Existem serviços e espaços compartilhados, como piscinas, área para churrasco, salão de festa e parque infantil para as crianças.

3 – Círculo de amizade

Nos condomínios existe um senso de comunidade entre seus moradores, o que favorece a criação de círculos de amizade.

Em uma época em que as pessoas parecem passar boa parte do tempo nos smartphones para manter contatos pessoais, em um condomínio você pode fazer amizades para a vida toda.

4 – Privacidade

A privacidade é certamente maior em um condomínio. Não é qualquer pessoa que pode entrar no local e, portanto, você não vê pessoas desconhecidas andando pelas ruas ou circulando entre as residências.

5 – Barulho

Diferentemente de quem mora em locais abertos no centro da cidade, por exemplo, nos condomínios há bem menos barulho de carros e de trânsito, pois a entrada de pessoas se restringe a moradores e conhecidos.

Vale lembrar que nos condomínios também prevalece a lei do silêncio, o que é outro ponto positivo dessa modalidade de habitação.

Inclusive, a lei do silêncio em condomínios no Código Civil diz que: 

“Art. 1.277. O proprietário ou possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam, provocadas pela utilização de propriedade vizinha”.

6 – Bem comum

Os custos de gestão condominial são divididos igualmente entre os moradores de  condomínios.

Portanto, não são integralmente suportados por uma única família, o que fortalece o entendimento de bem comum.

Isso significa que os custos são reduzidos para manutenção de espaços e existe uma responsabilidade compartilhada. 

7 – Direitos e deveres

Para morar em condomínio existem direitos e deveres de cada morador.

Há o código de regulamento que todos devem cumprir, o que garante maior segurança jurídica e cumprimento de direitos caso aconteça algum problema interno.

Logo, existe um código comum que norteia as regras de convivência.

3. O que devo saber antes de morar num condomínio?

Ao morar em condomínio, existe uma taxa que é paga por todos os residentes. O objetivo é arcar com os custos de manutenção dos espaços e serviços comuns.

Por exemplo, para preservar parques, áreas de lazer e para limpeza.

Em geral, a taxa é determinada em acordo comum entre os moradores em uma reunião ou assembleia que acontece com aviso antecipado.

Além disso, os condomínios costumam ter um fundo de caixa, para cobrir possíveis imprevistos e despesas necessárias que não estavam no orçamento. Ou seja, serve para cobrir eventos emergenciais.

4. Conclusão

As áreas residenciais nos condomínios são equipadas com todos os serviços e comodidades para quem deseja viver com tranquilidade.

Nesse sentido, os condomínios fechados são pequenos paraísos protegidos por vários tipos de sistemas de segurança e são o sonho de muitos que desejam conciliar o sossego de um espaço privativo e a facilidade de mobilidade dos centros urbanos.

 

Então, você já conhece a MAC? Somos uma construtora em São Paulo, há mais de 40 anos no mercado. Trabalhamos na idealização de projetos inovadores.

Conheça nossos empreendimentos e entre em contato conosco!

Compartilhe:

Você também pode gostar